Deprecated: Assigning the return value of new by reference is deprecated in /home/amgorg/public_html/site/adm/admFuncoes.php on line 903
SBP lança campanha de sensibilização para prevenir gravidez precoce | Notícias | Associação Médica de Goiás - AMG Associação Médica de Goiás - AMG

Notícias
 

SBP lança campanha de sensibilização para prevenir gravidez precoce

Publicado em : 24/01/2019

Fonte : Agência Brasil -

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) lançou, no dia 24 de janeiro, uma campanha para engajar, sensibilizar e fortalecer a atuação dos pediatras e hebiatras (especialistas responsáveis pela assistência à saúde dos adolescentes) na prevenção da gravidez precoce. O lançamento da campanha antecipa-se ao início da Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência, no dia 1º de fevereiro. A data foi instituída após o presidente Jair Bolsonaro sancionar a Lei nº 13.798, que acrescenta ao Estatuto da Criança e do Adolescente um artigo sobre o assunto.

Por meio do site Prevenção da Gravidez na Adolescência, a SBP apresentará aos médicos e à sociedade dados estatísticos, alertas sobre os riscos da gravidez precoce e detalhes da lei que instituiu a semana nacional dedicada ao tema. Também serão distribuídos cards pelas redes sociais e e-mail marketing aos mais de 23 mil associados.

Estarão disponíveis ainda dois documentos científicos destinados aos pediatras: o guia prático Prevenção da Gravidez na Adolescência e o manual de orientação Consulta do Adolescente: Abordagem Clínica, Orientações Éticas e Legais como Instrumentos ao Pediatra”, ambos de autoria do Departamento Científico de Adolescência da SBP.

De acordo com a presidente da SBP, Luciana Rodrigues Silva, com a campanha, a entidade quer alertar todos os pediatras brasileiros sobre sua importância no processo. Para isso, a SBP está também estimulando todas as suas filiadas estaduais a fazer um movimento com discussões sobre o tema. "Queremos que o pediatra seja protagonista nessa ação de prevenção. Que, em toda consulta, ele possa alertar e orientar adequadamente não só o adolescente como seus pais."

A médica ressaltou que nas escolas brasileiras não há informação e educação sexual de maneira adequada e que muitas crianças e adolescentes não têm um pediatra que os acompanhe. "Ele [o pediatra] tem um papel fundamental na prevenção de doenças, na melhora da qualidade de vida e na orientação sobre a saúde da criança. Seu papel é importante também no acompanhamento do adolescente, na prevenção do uso de drogas, da gravidez."

Para Luciana, a educação sexual deve começar em casa, junto com a família, mas é sabido que há uma parcela significativa da população que não tem nível educacional adequado e não se sente confortável para passar as informações aos filhos. "A adolescência vai dos dez aos 20 anos e nesse período é preciso ter informação sobre os riscos das doenças venéreas, da gravidez, sobre a necessidade de preservativo, sobre atividade física". 

Segundo Luciana, em muitas localidades brasileiras, as crianças e adolescentes só são atendidos na emergência e quando estão doentes. “Isso vai contra nossa ideia de que o pediatra tem que acompanhar esses indivíduos de maneira sistemática e periódica. Precisamos ter gestores e leis para isso, para que eles [os gestores] compreendam que. se queremos fazer um futuro diferente para o Brasil, temos que cuidar das nossas crianças hoje."

A presidente da SBP ressaltou que a época da gravidez deve ser escolhida pelos pais, em um momento de maior maturidade, e não como um acidente que ocorre nos primeiros anos da vida sexual da adolescente. “É inadmissível que interrompamos a vida de uma adolescente aos 12, 13 anos. Que ela deixe de ir para a escola porque engravidou. É preciso cumprir o ciclo do desenvolvimento, da infância, da adolescência, estudar, trabalhar, ter uma perspectiva de vida, para depois escolher ter um filho."

A médica disse ainda que normalmente a menina é mais prejudicada pela gravidez não planejada, porque o menino nem sempre tem maturidade para assumir o papel de pai nessa idade. "Nos hospitais públicos, muitas vezes chegam meninas de 17 anos já com três filhos, às vezes um de cada pai. Elas não têm expectativa de trabalho, não têm com quem deixar os filhos, e isso é muito ruim também para essas crianças."

Além do aspecto social envolvido, a gravidez na adolescência está associada a uma série de riscos para a saúde da mulher e do bebê. Elevação da pressão arterial e crises convulsivas (eclâmpsia e pré-eclâmpsia) são alguns dos problemas de saúde que podem acometer a jovem grávida. Para o bebê, os problemas mais comuns são a prematuridade e o baixo peso ao nascer.

Panorama

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), na América Latina e no Caribe, a taxa de gravidez entre adolescentes é a segunda mais alta do mundo, ficando atrás somente da África Subsaariana. Anualmente, ocorrem em média 66 nascimentos para cada mil meninas com idade entre 15 e 19 anos, enquanto o índice mundial é de 46 nascimentos.

Segundo os dados do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivo (Sinasc), do Ministério da Saúde, o percentual de gravidez na adolescência caiu 17% no Brasil em 2015. Em números absolutos, a redução foi de 661.290 nascidos vivos de mães entre 10 e 19 anos em 2004 para 546.529 em 2015. No entanto, apesar dos avanços, o número ainda é considerado grande, representando cerca de 18% do total de nascidos vivos no país.

Notícias

COVID-19: Recomendações da Associação Médica de Goiás

19/03/2020
RECOMENDAÇÕES DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA DE GOIÁS A Associação Médica de Goiás ...

COVID-19: Funcionamento da sede

18/03/2020

Posicionamento - Entidades médicas e médicos em defesa do HDT

21/02/2020
As entidades e os profissionais signatários deste documento vêm a público manifestar indignação e repúdio ...

Carta Aberta - Médicos Preceptores do HDT

19/02/2020
Carta Aberta - Médicos Preceptores do HDT Nós, médicos preceptores do Hospital de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad ...

SBOT-GO realiza Simpósio Multidisciplinar de Osteoartrite

14/02/2020

XXVI Congresso Teórico-Prático de Ultrassonografia da Fértile será nos dias 27 e 28 de março

10/02/2020

Dezembro Laranja atende mais de 800 pessoas em Goiás

01/01/2020
Um total de 813 pessoas atendidas, 159 encaminhadas para tratamento, 2 pontos de atendimento, 52 médicos dermatologistas e 15 ...

Recesso: 23 de dezembro a 5 de janeiro

20/12/2019
A Associação Médica de Goiás informa que estará de recesso entre os dias 23 de dezembro de 2019 e 5 de janeiro ...

Opinião: Discordo da Justiça e da Juiza que dizem que essa médica é homicida

16/12/2019

Neste final de ano, SBOT-GO alerta sobre os riscos de quedas em idosos

10/12/2019
Quedas são consideradas, pelo Ministério da Saúde, como eventos comuns e devastadores em idosos. Estima-se que um em cada ...

Zacharias Calil é indicado ao Prêmio Nobel de Medicina

25/11/2019
O médico e deputado federal Zacharias Calil foi indicado pela Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara ...

Comunicado oficial sobre a Vacina contra o HPV

21/11/2019
Diante da disseminação de falsas informações sobre a segurança e eficácia das vacinas que previnem a ...

AMG convoca toda a classe médica para uma caminhada contra a abertura indiscriminada de escolas de Medicina em Goiás

30/10/2019

AMG e Hospital Órion promovem almoço em comemoração ao Dia do Médico

18/10/2019

Sessão solene Comenda Nabyh Salum, participe!

18/10/2019

AMG na luta pelo "Revalida SIM, Revalida Light NUNCA!"

16/10/2019
A Associação Médica de Goiás e acadêmicos de Medicina estiveram em Brasília, no dia 16 de outubro, para ...

Painel: Suicídio o tempo todo: linhas de cuidado permanentes

03/10/2019
Mais uma atividade da Campanha Setembro Amarelo realizada ontem, 2 de outubro. A Associação Médica de Goiás ...

Participe do Simpósio de Preservação da Fertilidade, no dia 18 de outubro, no Cremego

03/10/2019

Parceria AMG: 30% de desconto na mensalidade no Park Idiomas

03/10/2019
O Park Idiomas concede aos associados da AMG e seus familiares de primeiro grau o desconto de 30% na mensalidade e 50% na taxa de ...

ARTIGO: A importância da doação de órgãos para além dos transplantes

30/09/2019
ARTIGO: A importância da doação de órgãos para além dos transplantes   Por Dr. Claudemiro ...

Setembro Amarelo o ano todo: Como estabelecer linhas de cuidado permanentes? Como ampliá-las?

30/09/2019
PRÓXIMA AÇÃO: 2 DE OUTUBRO Local: Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás - Cremego (entrada pela ...

SUICÍDIO: CONVERSANDO COM PAIS E EDUCADORES

20/09/2019
SUICÍDIO: CONVERSANDO COM PAIS E EDUCADORES Suicídio na Atualidade - Dr. Thiago Cezar da Fonseca Como ficamos diante da perda ...

Setembro Amarelo: "Compreendendo o sofrimento psíquico do estudante de Medicina e prevenindo o suicídio"

19/09/2019
Segundo dia de atividades da campanha Setembro Amarelo: Suicídio - algo que está entre nós, com o simpósio ...

FM/UFG convida para o I Fórum de Prevenção ao Feminicídio

16/09/2019
Clique na imagem para acessar o site oficial do evento:
voltar
Associação Médica de Goiás - AMG